quarta-feira, 17 de janeiro de 2007

Cheguei, meu povo!

Tudo começou porque eu moro em Chuvópolis - também conhecida por Teresópolis. Deus, como chove por aqui! Entediada de ficar ilhada em casa resolvi fazer broches e pregadeiras para uso próprio. Quem viu gostou e me incentivou a produzir mais e mais... A inspiração para o nome veio das crianças que querem praticamente tudo o que seus olhinhos alcançam. Mamãe, eu quero isso! Mamãe, eu quero aquilo! - dizem fascinadas!

E é esse mesmo fascínio que a Mamãe , eu quero! quer despertar .

Todas as peças são feitas à mão. Feltro, retalhinhos, fitas, botões, miçangas... que, misturados, se transformam em alegres e divertidas bijus: broches, pregadeiras, colares, brincos...
Espero que gostem!

3 comentários:

Josy disse...

Minha amiga virou hippie!!!
Estão lindos!
Tentei te ligar no fds, mas o tel que eu tinha era antigo...
Não deixa de ligar para mim quando vier não!
To com saudades!
U beijo!

Luciane - Balaio da Lú disse...

Oi,
achei uma graça suas coisas. Há pouco tempo descobri o feltro e me apaixonei. E o processo é exatamente esse, vc pensa em fazer algo, aí sua filha começa: Mãe, fas isso, mãe faz aquilo! Vc nem precisa ter idéias, é só ir fazendo!
Parabéns e um abraço!

Luciane - Balaio da Lú disse...

Oi,
achei uma graça suas coisas. Há pouco tempo descobri o feltro e me apaixonei. E o processo é exatamente esse, vc pensa em fazer algo, aí sua filha começa: Mãe, fas isso, mãe faz aquilo! Vc nem precisa ter idéias, é só ir fazendo!
Parabéns e um abraço!